Informativos

20-Nov-2020 12:15

Herpes labial: conheça tratamentos para vírus

O herpes vem e vai. Mas, uma vez tendo adquirido o vírus, você terá de fazer uma campanha constante para mantê-lo inativo. Mas é fácil reconhecer a sensação de queimação e formigamento característicos que acusam a chegada iminente do herpes oral. E as possibilidades de tratamentos caseiros ou farmacêuticos são diversas.

Por isso, se você estiver preparado de antemão, pode minimizar seus inconvenientes. Conheça os cuidados principais!

Quais são as causas da herpes labial?

A transmissão oral, que ocorre por meio do beijo e do compartilhamento de utensílios com uma pessoa infectada (como talheres e produtos de beleza, por exemplo) é o que geralmente causa o herpes labial.

O risco de transmissão é maior se o contato ocorrer no momento em que a pessoa estiver com a ferida nos lábios.

Herpes tem cura?

Infelizmente, a herpes não tem cura. E isso porque não existe um remédio capaz de eliminar totalmente o vírus do organismo de quem tem a doença, de modo que a solução encontrada é optar por tratamentos medicamentosos ou caseiros para conter seus sintomas.

Como aliviar o inchaço da herpes labial?

Aplique gelo diretamente nas ulcerações. Isso reduz o inchaço da herpes labial e alivia a dor temporariamente.

Se essa tática for usada logo ao primeiro sinal de formigamento, então as bolhas provavelmente ficarão menores.

Outro recurso é usar aspirina para aliviar a dor, e para outros benefícios. Um estudo publicado nos Annals of Internal Medicine sugere que 125 mg de aspirina por dia podem reduzir em 50% o período em que a infecção herpética permanece ativa.

Tratamento caseiro para a herpes

O tempo e o aminoácido lisina despontam como os campeões na luta pela cura. Durante uma crise aguda, tome 3 g diariamente até que a doença desapareça. Pesquisas mostraram que esse produto impede a replicação (cópia) do vírus.

O óleo de linhaça também pode ser usado como um método de tratamento caseiro para a herpes, uma vez que possui propriedades antibacterianas, antifúngicas e antivirais.

Além disso, fitoterapeutas normalmente recomendam a citronela (melissa) para tratar herpes simples do tipo I, porque seus óleos essenciais contêm substâncias que provaram inibir o vírus.

Em estudos conduzidos na Alemanha, portadores de herpes oral passaram a ter episódios mais espaçados, ou erradicaram completamente o vírus ao usar a pomada. Procure uma pomada de citronela nas lojas de produtos naturais e use conforme necessário.

Outra possibilidade é aplicar tintura de mirra com um chumaço de algodão, até 10 vezes por dia. A mirra, que ataca diretamente o vírus, é encontrada em lojas de produtos naturais.

Além disso, outra possibilidade é misturar quantidades iguais de óleo de melaleuca (teatree) e azeite de oliva e aplique na região 2 ou 3 vezes por dia.

O óleo de melaleuca é um potente antisséptico natural. Pesquisas realizadas na década de 1920 mostraram que ele tinha um poder antisséptico até 13 vezes maior do que o do ácido carbólico, o germicida comum da época.

Outra possibilidade é tomar iogurte com bactérias acidófilas. Alguns estudos demonstraram que esse tipo de bactéria encontrada em algumas marcas de iogurte surpreendentemente impede o crescimento do vírus.

Esse vírus também pode se manifestar como herpes simples, aparecendo, inclusive, dentro da boca. 

Link fonte: https://www.selecoes.com.br/saude/herpes-labial-descubra-como-controlar-esse-virus-2/

Seleções
Deixe seu Recado
Fale Conosco pelo WhatsApp